Ações de TIC de Jundiaí são apresentadas em Seminário

Publicada em 02/12/2019 às 09:21

Os trabalhos desenvolvido pela CIJUN foram mostrados na última sexta-feira, dia 29, durante o Seminário Desafios e Oportunidades – para estatais de TIC na sociedade 5.0, em Ribeirão Preto. O evento, que reuniu mais de 300 pessoas, foi organizado pela Coderp – Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto e quem abriu o seminário foi o prefeito da cidade, Duarte Nogueira. Ele falou da sociedade 5.0 e dos desafios que as companhias, como a CIJUN, têm com a nova lei já em vigor 13.303/16. “Estamos aqui discutindo a sociedade 5.0 e um dos desafios é tornar o nosso mundo mais humanizado. E não há nenhuma solução senão o homem partir desse papel individualista para um mundo mais colaborativo e participativo”, disse o prefeito.

Para falar sobre a lei, que é um assunto relativamente novo para muitas estatais,  o professor da USP, Thiago Marrara de Matos, realizou um debate. Ele explicou os benefícios e dificuldades da aplicação da legislação e suas consequências a longo prazo. O presidente da Companhia de Jundiaí, Amauri Marquezi, apresentou a experiência que a CIJUN tem com a implantação da 13.303 e o que foi feito até agora. “Na verdade, já temos diversos procedimentos já realizados em nossa Companhia, como a alteração do nosso estatuto, a instituição de novas políticas de governança, a publicação de Carta Anual de Políticas Públicas e Governança Corporativa, a celebração de contrato de parceria vinculado às novas oportunidades de negócios e ações de transparência”, revela. Os participantes também puderam conhecer alguns cases da Companhia como o App municipal, os sistemas desenvolvido para governança e outras ações que estão se tornando referência na região de Jundiaí quando o assunto é transformação digital.

Marquezi apresentou as parcerias e novo modelo de negócios

Além das experiências de Jundiaí, os participantes ouviram ainda como a Empresa Matogrossense de Tecnologia da Informação (MTI),  Empresa de Tecnologia da Cidade de São Paulo (PRODAM), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP), e a Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (PRODESP), também estão lidando com a legislação. No período da tarde, o foco foi na Lei Geral de Dados Pessoais nº13.709/2018 (LGPD) e ações das empresas de TIC. A Cijun, por exemplo, já tem trabalhos neste sentido também apara se adequar à nova lei que deve entrar em vigor em agosto de 2020. 


Link original: https://cijun.sp.gov.br/2019/12/acoes-de-tic-de-jundiai-sao-apresentadas-em-seminario/


Leia mais sobre , , ,