Café Tecnológico, com a presença da CIJUN, troca e apresenta experiências inovadoras

O presidente da Companhia, Amauri Marquezi, falou das ações de um Governo Digital

Nesta quinta-feira, dia 7, foi realizado o terceiro Café Tecnológico no Espaço Jundiaí Empreendedora. O Café é organizado com o objetivo de conectar startups, empresas, entidades de ensino, especialistas, interessados em inovação e investidores para debater temas, como inovação, tecnologia, empreendedorismo, tendências, mercado de trabalho, exportação, entre outros, o primeiro encontro reuniu profissionais para troca de experiências.

Nesta quinta-feira, o Café Tecnológico recebeu o diretor-presidente da Cijun, Amauri Marquezi, que explanou as ações que tornam Jundiaí referência como uma cidade inteligente com vários modelos bem-sucedidos de plataformas e prestação de serviço digital, tudo com o objetivo de facilitar a vida do cidadão.

“Nosso papel é, acima de tudo, atender bem a população. Nossas soluções têm esse objetivo: facilitar a vida do cidadão. E é o que nosso time tem feito e desenvolvido ao longo desses cinco anos. Para nós, poder dividir essa nossa expertise com o empreendedor, o fomentador de ações do município e num espaço que respira tudo isso, é desafiador e muito gratificante”. – Amauri Marquezi, diretor-presidente da CIJUN

O Café também teve Marcel Akihissa, responsável pela área dos engenheiros da Amazon Data Center e a Jessika Toledo que conversaram com todos e apresentaram a estrutura e a rotina de um Data Center. “O ambiente inovador de Jundiaí é impressionante e fazer contato com esse meio é importante. Jundiaí nos apresentou o ambiente idela para nos instalarmos.”

Para Cristiano Lopes, gestor da UGDECT, o encontro é oportunidade para o empreendedor. “O Café Tecnológico por objetivo possibilitar a troca de experiências entre os envolvidos nas áreas de inovação, tecnologia e desenvolvimento, bem como ampliar a rede de contatos e discutir ações locais no sentido de promover e disseminar os objetivos da Lei Municipal de Inovação. Hoje foi um dia especial com a participação do Amauri e da Amazon que enriqueceram nosso encontro.”

Para o diretor de Ciência e Tecnologia, Julio Durante, o Poder Público tem esse papel. “É nosso dever dar condições para a hélice girar, hélice que reúne o Poder Público, instituições de ensino e os empreendedores da cidade. Promover o Café Tecnológico, o hackaton, ter o Espaço Jundiaí Empreendedora e um, programa como Campus Jundiaí faz essa hélice girar”, explica.

O Café Tecnológico é resultado de parceria com o Sebrae, FATEC, FTV TEC, CIJUN e várias empresas e entidades que compõem o Ecossistema de Inovação de Jundiaí.

A superintendente da TVTEC, Mônica Gropelo e a diretora presidente da Escola de Governo, Clara Magalhães também participaram do Café, assim como o diretor do Departamento de Fomento ao Comércio e Serviços da UGDECT, Enrico Arkchimor Milamonti. (Informações: Prefeitura Municipal de Jundiai)