APP da Prefeitura de Jundiaí facilita vistoria contra criadouro da dengue

Publicada em 16/01/2019 às 13:13

Apenas com um clique é possível que os técnicos das Unidades de Gestão municipal de Jundiaí verifiquem e evitem proliferação de criadouros dos mosquitos transmissores da dengue. Só da dengue não. Esse dispositivo facilita o controle de doenças como  zika, chikungunya e até a febre amarela. A Prefeitura de Jundiaí oferece os canais 156 e o aplicativo da Prefeitura, desenvolvido pela CIJUN, para que a população denuncie os locais.  O download do aplicativo da Prefeitura é simples:  pode ser feito pela Play Store no sistema Android e na App Store no sistema IOS procurando por Prefeitura de Jundiaí. Após a instalação é necessário realizar um cadastro simples para acessar as mais de 120 funcionalidades.

De acordo com dados da Companhia de Informática Jundiaí (CIJUN), no ano de 2018 foram realizadas 253 solicitações a partir do APP Jundiaí para a vistoria de possíveis pontos com larvas de mosquitos Aedes aegypti. Nos primeiros 15 dias de 2019, o número é de 77 solicitações. “Pelo aplicativo é possível que a pessoa informe o local, inclusive com mapeamento, além de incluir uma foto e a descrição – fundamental para que os técnicos possam realizar a vistoria”, detalha o presidente da CIJUN, Amauri Marquezi. O serviço está disponível na aba “Saúde e Qualidade de Vida”, “Dengue – Comunique locais para vistorias (foco de mosquitos)”.

app dengue

Maneira fácil de combater o criadouro

Além do aplicativo, o canal 156 também é utilizado para a solicitação de serviços de vistorias. Segundo levantamento da CIJUN, foram registradas, em 2018, 1.122 solicitações de vistorias pelos munícipes.  Neste ano foram 132. A Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), no entanto, não se restringe às demandas dos munícipes, realizando monitoramento constante às arboviroses. “Além das vistorias solicitadas pela população, os técnicos vistoriam imóveis especiais e pontos estratégicos, durante todo o ano, para o controle dos vetores. Esses espaços são importantes pelas características de maior concentração de possíveis criadouros e ou grande fluxo de pessoas”, argumenta do gerente da UVZ, Carlos Ozahata. 

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Jundiaí


Link original: https://cijun.sp.gov.br/2019/01/app-da-prefeitura-de-jundiai-facilita-vistoria-contra-criadouro-da-dengue/


Leia mais sobre , , , ,