Jundiaí ganha destaque no Conexidades pela sua Lei de Inovação

O painel do Conexidades na manhã desta quinta-feira, dia 25, com o tema foi Cidades 5.0 – Cidades Inteligentes – trouxe exemplos de municípios que se tornaram modelo no atendimento ao cidadão, usando a tecnologia a favor do seu munícipe. Túlio B. Alves, diretor de novos Negócios ICities, e Rogério Alessi, consultor e especialista em Governo, abriram o painel elogiando as iniciativas de Jundiaí, que foram apresentadas, mais tarde, pelo presidente da CIJUN, Amauri Marquezi de Lucca. 

“Jundiaí tem já uma das melhores Leis de Inovação do Brasil. Hoje, na maioria das cidades, por exemplo,  isso não existe. Já Jundiaí pensou e saiu à frente”, elogiou Alessi. 

Durante o painel, Marquezi, que representou o prefeito Luiz Fernando Machado, falou das ações de Jundiaí – Cidade Digital: APP Municipal, Saepro, Guardião da Saúde, Infovia Digital, entre outras coisas.

“Atendemos através do nosso aplicativo muitos serviços da prefeitura, prova disso, é a quantidade de funcionalidade do nosso APP: mais de 130 serviços, mais de 135 mil dowloads e mais de 5 milhões de acessos”, salientou o presidente da Companhia.

Marquezi ressaltou aos visitantes as premissas do governo digital, entre elas, ‘pensar uma Jundiaí para 2050’ e ‘não deixar ninguém para trás’.   “Cidade boa é aquela que atende a criança, a gestante, o empresário, a terceira idade”, reforçou.

Jundiaí se tornou destaque também pois é uma das cidades mais conectadas: tem 92 pontos de wifi gratuito em próprios públicos, parques, unidades de saúde e  bairros periféricos.  Após o painel, representantes de algumas cidades foram conhecer de perto como funciona as iniciativas de Jundiaí. Os paineis continuaram até o início da noite e a programação da Conexidades prossegue na sexta com os temas Licitações, Lei de Geral de Proteção de Dados, Harmonia entre os Poderes, Violência contra a Mulher. No último dia, 27, será a vez dos temas: Voto Eletrônico e Reformas Estruturantes, etc.

O evento é anual e desde a pandemia não era realizado presencialmente. Este ano, em Olímpia, o número de visitantes superou as expectativas. (Fotos: Pedro Amora)


Publicada em

Leia mais sobre , , , ,